O estranho sol

 

 

 

 

 

 

André Carneiro Ramos é mestre em Literatura Portuguesa pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde atua como professor contratado nas disciplinas Literatura Portuguesa e Cultura Portuguesa. Recentemente, publicou no livro Inventário de Literariedades e Outras Vertigens (1ª ed. Rio de Janeiro: Imprinta, 2008, p. 65-77) o ensaio intitulado “Pureza encantadora ou erotismo enigmático: análise da presença feminina nos poemas A mulher que passa e Rosário, de Vinícius de Moraes”.

 

André Carneiro Ramos 

Voltar | Back